DÉBORA DENADAI EM PROSA E VERSO

FAZER POESIA É LAVAR A ALMA FAZENDO SANGRIA...

Meu Diário
26/05/2005 22h07
A SOMBRA NOSSA DE CADA DIA
Todo mundo tem a sombra. Já foi objeto de conversa no diário de outro dia. Hoje, lendo uma crônica do Rubem Alves, vi algo interessante sobre os momentos de sombra e de tristeza. Ali ele dizia que era preciso que fizéssemos urgentemente um acordo de amizade com ela. Diz ele: "Ela é boa conselheira." E menciona um trecho do livro de Eclesiastes na Bíblia que dá uma sugestão esquisita:"Melhor ir à casa onde há luto do que ir à casa onde há banquete, pois naquele se vê o fim de todos os homens. Melhor é a mágoa do que o riso, porque com a tristeza do rosto se faz o melhor coração."
Não sei se estou em total acordo com isso, mas uma coisa é um tanto verdadeira: nos momentos de tristeza, tornamo-nos mais reflexivo. O momento de tristeza traz a coisa da solidariedade, do compadecimento. Não confundir com piedade, em que um se sente acima do outro. Compaixão e solidariedade, se formos às raízes das palavras, é o sofrer junto, saber em si próprio o sofrimento do outro. Aí sim, concordo, a tristeza pode nos fazer melhores. Faz o coração ficar melhor e então, mais sábio.
Confundem-se a si próprios os que pensam que sabedoria é erudição. Lista de títulos acadêmicos, louros e prêmios não nos fazem mais sábios. Sabedoria não é departamento da mente, é do coração. Só quando sabemos algo a partir do coração, é que realmente sabemos alguma coisa. Saber tem a ver com sabor. As duas palavras têm a mesma origem etmológica. Daí expressões como "saber a morangos" , no sentido de ter gosto de. O sabor do saber só se conhece pelo coração. Os livros não ensinam.
Fugi um pouco da sombra, mas volto a ela: é preciso aceitar a sombra e, aí, pausa: não sugiro afundar nela. Mas ter com ela uma relação de amizade que nos permita saber algo a partir dela.
Beijos no coração, muitos sabores de saber e ...
o nosso beliscão na bunda de todos os dias.
bjos
d

Publicado por Débora Denadai em 26/05/2005 às 22h07

Site do Escritor criado por Recanto das Letras