DÉBORA DENADAI EM PROSA E VERSO

FAZER POESIA É LAVAR A ALMA FAZENDO SANGRIA...

Meu Diário
19/04/2006 16h08
O CAOS SOU EU
Definitivamente há algum problema comigo na área que se localiza no cérebro entre os pensamentos, os sentimentos e as idéias. Não, senhor. Pensamento e idéia não é a mesma coisa. Pensamento passa rapidinho e vai embora. E se fica, transforma-se automaticamente em idéia, pegou? E se você agarrar a dita cuja, sinto muito , vá a um centro espírita ou hospital psiquiátrico,porque aí ou é Obsessão ou TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo, que é como os doutores das idéias batizaram a coisa). E eu definitivamente sou a incoerência personalizada.
Adoro plantar coisas, ficar no meio do mato. Mas se fizer isso tempo demais, meu cérebro dá pane e quem estiver por perto corre risco de morrer estrangulado.
Se eu não tiver uma pequena multidão à vista, entro em crise existencial e penso que sou Robinson Crusoé e ameaço assar o papagaio pro jantar. Se tiver gente demais, dou muqueta em quem estiver na frente e saio desarvorada pra nunca mais.
Definitivamente, algumas pessoas nasceram para lugares pequenos,sem muita complicação e vivem felizes pra sempre. Quem não pensa é mais feliz. MORRRRRRRRRO de inveja dessa gente. Eu sou um desastre: penso o tempo todo, analiso cada instante e cada pessoa (inclusive o jeito que a minha gurua das idéias me olha), e , diabos: sou inteligente pra caralho. E nada modesta, que nesta altura da vida, modéstia no meu caso seria hipocrisia pura.
Eu organizo a vida de qualquer criatura que resolve me contar seus problemas. Quanto aos meus, eu sou a definição humana de CAOS. Assim, maiúsculo.
Alguma sugestão? I CRY FOR HELP...
bjos e um beliscão na bunda
d

Publicado por Débora Denadai em 19/04/2006 às 16h08

Site do Escritor criado por Recanto das Letras