DÉBORA DENADAI EM PROSA E VERSO

FAZER POESIA É LAVAR A ALMA FAZENDO SANGRIA...

Meu Diário
16/02/2006 10h44
HELLO STRANGER : ESTOU NO PILOTO AUTOMÁTICO
Alguém aí nunca entrou numa dessas fossas cavadas por anônimos? Não, não to falando do cara que não sai no jornal do lado da Gostosona Bündchen ou da perua que nunca teve sua fotinha na CARAS, seu grande sonho de consumo. Tô falando daquele tipo de merdinha que te manda email anônimo com fofoca sobre sua vida pessoal ou de alguém muito próximo a você e, que por ser um tremendo cara-de-pau-mau-caráter-sem-nada-pra-fazer, obviamente não assina a fofoca porque lhe faltam cojones, meus amigos.
Tô falando de gente que manda flores com cartãozinho amoroso pra gente devidamente compromissada com outra gente, compromisso sabido e notório pela humanidade, mas assim sabe como, "esquece" de assinar que é pra deixar a criatura imaginando em quem teria despertado tamanha afeição...Sabe como? Então. É desse tipo de "anônimo" que eu tô falando.
Anonimato é bom. É bom ser anônimo pra ter uma vida sossegada sem nenhum papparazzi pentelhando, sem nenhum repórter bostinha de início de carreira torrando a paciência etecetera e tal. Agora, anonimato assim, desse jeitinho que eu falei é coisa de gente que não tem outra escolha, porque mesmo dizendo quem é , a pessoinha é tão insignificante que ninguém saberia do mesmo jeito...Tadinhos, né? De qualquer forma, "anônimos anônimos", vocês não estão sós. O mundo está lotado de gente assim . JOIN THE CLUB ... and screw you, se é que me entendem...
No mais, LIGUEMOS O PILOTO AUTOMÁTICO, ACENDAMOS A LUZ DO FODA-SE E SEJAMOS FELIZES, CRIANÇAS...
d

Publicado por Débora Denadai em 16/02/2006 às 10h44

Site do Escritor criado por Recanto das Letras